Tenho a sorte de o Sebastião ainda não ter aprendido nenhuma asneira. Nunca dizemos à frente dele e pelos vistos, na escola, não há ninguém que use termos menos próprios.

Mas, miúdos, são miúdos, não é?

Ele tinha que arranjar qualquer coisa para dizer às escondidas.

Entrou então na fase escatológica.

Diz baixinho: Cocó e Xixi de desata-se a rir que nem um louco.

Quanto mais dizemos para não dizer mais ele junta a palavra a várias frases.

Normalmente, nunca diz alto. Chega ao pé do nosso ouvido e diz: Cocó, ou então, uma frase a que junta no fim a palavra.

Algumas das melhores são: Gosto muito de ti e do Cocó, Esta comida é muito boa e do cocó…

Estamos nisto lá em casa 🙂

Comentários

Sandra
Author

Comments are closed.