Author

Bárbara

Browsing

Desporto radical 

Há um desporto radical muito perigoso que as mães fazem com frequência. Chama-se “acabar com as birras” e consiste em agarrar num dos filhos enquanto este esperneia e tentar que ele pare de gritar, espernear, pontapear e mais coisas acabadas em ar. 

A mãe além de segurar o filho endiabrado tem que respirar fundo, manter a calma e tentar fugir às pernas loucas que voam entre o espernear.

Quando não se consegue escapar, fica-se assim:


Continuação de boas férias 😂 

Precisamos de sítio para as férias! 

Pois é, férias! 

Muitos de vocês já foram ou já tem tudo programado não é?

Pois cá por casa: nada, zero, nicles! 

E pior, os sítios que os nossos amigos recomendaram obviamente já estão lotados!

Então vai daí e lembrei-me de pedir ajuda às melhores pessoas que conheço no que toca à partilha de experiências! Vocês! 😁

Como já devem ter reparado agora somos quatro! Então era bom arranjar um sítio com duas camas de casal (quartos familiares) ou uma cama de casal e um sofá cama. 

Um sítio com kitchenette ou cozinha partilhada. Na altura das férias estamos em época de sopas! (Já??) 

E a imprescindível piscina! A praia este ano por causa da bebé está praticamente interdita. 

Ah e como vamos de férias assim já para lá do meio de setembro o ideal era irmos para o sul, mas não vamos! Lembram-se de vos ter contado o quanto os meus filhos gostam de andar de carro? Pois! Então esse lugar maravilhoso que vocês nos vão recomendar fica a 1:30 no máximo do Porto! 

Parece difícil? Pois. 

Conto com a vossa ajuda!!! Venham daí essas sugestões! 

As dúvidas! 

E quando o amor não chega?

E quando as nossas forças parecem perdidas na nossa mente e não nos lembramos de mais nada a não ser gritarmos? 

E quando achamos que estamos a fazer tudo mal e que tudo está mal? 

E quando a frustração se agarra a nós e não conseguimos gargalhar?

É quando nos deitamos que pensamos que achávamos que era fácil criar, educar, amar… que tontos éramos antes de sermos pais. 

Grátis ao fim-de-semana! 

Este fim-de-semana aproveitamos para ir ao parque biológico de gaia.

É um passeio que fazemos todos os anos, muitas vezes mais que uma vez por ano. 

Este último fim-de-semana aproveitamos a fantástica oportunidade que o parque tem para o mês de Julho e fomos gratuitamente.

A entrada no parque não é cara, 3€ os adultos e 1€ as crianças, mas na verdade ao irmos  em família acabamos por ser seis adultos e uma criança pagante e assim poupamos 19€! 

Levamos lancheiras e fomos com muita calma aproveitar o parque e em vez de usarmos o parque da merendas comemos pelo caminho. Há um Spot muito bom junto aos milhafres, tem dois bancos e um caixote do lixo. Comem e deixam tudo limpinho 🙂

O parque esse dispensa apresentações! São praticamente 3km de muita natureza. Os animais esses são desde as galinhas aos bisontes. Todos os animais do parque não conseguiriam viver livremente, de outra forma não estariam ali. 

O parque, para quem não sabe, tem uma política para acolher animais. Aceita todos os animais à exceção de cães e gatos. 

Tartarugas que deixam de ser desejadas em casa, gaivotas feridas, eu própria já levei lá um pássaro que apanhei tombado na berma da estrada. Os animais são recebidos e tratados e se conseguirem sobreviver livremente são soltos quando recuperados. Quando deixamos os animais recebemos ainda um registo e podemos aceder a uma base de dados para sabermos o que aconteceu com esse animal.

Não tenho a certeza mas acho que em alguns casos vão ao local recolher o animal também. 

O parque vale a pena, e vocês deviam aproveitar que ainda há mais dois fins-de-semana com as entradas grátis. 

Não se assustem com os 3 kms, fazem-se bem e se levarem carrinho a maior parte do caminho é asfaltado! Mas não se esqueçam de protector solar, chapéu e água. Não há bebedouros pelo caminho. Mas há pelos menos duas casas-de-banho durante o percurso. 

Ah e se acham que vai estar muita gente, sim vai, mas o parque é suficientemente grande 🙂 quando chegamos estava muita gente logo no início do percurso mas depois paramos para almoçar e a partir daí fizemos o parque como um dia normal, sem  notarmos aquela confusão inicial. 

Aproveitem! 

O peixeiro! 

Cá na rua ainda passam aquelas carrinhas que vendem peixe, mercearia, etc. O peixeiro então passa todos os dias da semana por volta das dez horas. 

No outro dia, estávamos atrasados para sair e o miúdo ainda estava cá em casa quando se começa a ouvir a buzina do peixeiro lá ao fundo e que se manteve insistentemente a buzinar até chegar ao largo. (Admito que quando a miúda está a dormir me põe os nervos em franja!) 

Espantado o miúdo perguntou: ” Mãe, o que é isto??” 

Respondi que era o peixeiro.

Fascinado olhou para mim e disse: “Oh mãe um dia destes quero andar de peixeiro!” 😂😂

Tens de lhe cortar o cabelo! 

“Agora com o verão transpira muito!” 

“Tens que lhe dar um jeitinho ao cabelo.”

“Está muito grande!”

“Quando é que lhe cortas o cabelo?”

“Parece uma menina!”

Se a minha filha tiver o cabelo comprido também me vão mandar cortar o cabelo no verão? Yah, right! 

Quando falamos em igualdade esquecemos muitas vezes que esta também é uma luta precisa! Os rapazes também podem, as meninas também podem! 

Sim é um rapaz, com lindos caracóis loiros, e não me apetece cortar-lhe o cabelo! E ele também não está nada incomodado!

Todos os bebés gostam de andar de carro! 

Todos!!! Menos os meus!!!

Conheço pessoas que vão dar voltinhas de carro só para os miúdos adormecerem, conheço pessoas que dizem: “ai agora entra no carro e fica já a dormir!”

E depois existem os meus filhos!

Os meus filhos berram desalmadamente quando vão no carro!!

O mais velho, lembro-me, ia de Gaia a Braga a gritar. Tínhamos uma viagem de 50 minutos muito tranquila!!! Só que não!!!

A miúda não vai os 50 minutos a gritar mas caso não adormeça também é um ai Jesus!!!

Quando eu e o pai decidimos que precisávamos de um carro para cada um, eu até suava só de me imaginar sozinha com o bebé no carro, aos berros! Para sair de casa pensava vinte vezes!

Agora tenho uma sintonia diferente, tolero (ignoro?!) melhor o choro durante a viagem. A não ser que seja aquele chorar desalmado e ai, se for acompanhada, a ajuda é aproveitada para ir pondo a chupeta, se for sozinha lá tenho eu que parar o carro, uma e mais vezes….

O miúdo deixou-se de berros quando deixou de andar no ovo e lhe compramos uma cadeira auto. A partir do momento em que passou a ver o mundo, as viagens deixaram de ser um tormento!

Mas a miúda tem dois meses… mais dez meses de berros??!! 😖😖

Há mais alguém que sofra disto?  Ou os vossos miúdos são dos normais? 🙂

O pai no Caos!

Este é um blogue sobre o doce caos em que a nossa vida se tornou após sermos mães! Tivemos desde o início o objectivo de partilhar experiências, medos, soluções.

No fundo partilhar, ajudar e pedir ajuda com o dia-a-dia de quem tem filhos e com eles tantas e tantas dúvidas. Por esse motivo é que desde o início trouxemos convidados com histórias de vida diferentes das nossas,  mães de gémeos, madrastas, pais que trabalham em continentes diferentes dos filhos, mães com crianças especiais e tantos outros convidados fabulosos!

Durante muito tempo ao primeiro domingo de cada mês contávamos com a participação especial da querida Nutricionista Sandra Almeida e os seus artigos de nutrição infantil. 

Depois lançamos o desafio de nos contarem as histórias dos vossos partos, e tivemos tantas partilhas que de certeza ajudaram quem nos lê desse lado.

Agora chegou a vez do Pai! A partir de amanhã, ao primeiro domingo de cada mês, teremos um post especial escrito por um pai.  Vamos partilhar com vocês o doce caos visto pelo pai.

O pai de serviço no Caos será o Paulo Couto que já foi nosso convidado anteriormente e como poderão ver tem o dom da escrita e do humor!

Ocasionalmente outros pais se poderão juntar a nós e qualquer papá poderá enviar-nos o seu texto para blog@sweetcaos.com

Esperamos continuar a atingir o nosso objectivo e partilhar com vocês pontos de vistas sempre diferentes sobre o doce caos da vida de quem tem filhos.

Esperamos que gostem! 🙂

Upa Kids! (Inclui 🎁) 

Ter filhos significa passar a vida em trocas e arrumações! Trocamos os brinquedos de 12 meses pelos dos 18 meses, a roupa de 2 anos pela dos 3, a cadeira da papa por uma cadeira dos crescidos! Estamos constantemente nestas trocas porque o tempo passa a voar e eles crescem à velocidade da luz!

Por tudo isto  e porque sentiu na pele de mãe esta realidade a Patrícia Machado arregaçou as mangas e criou uma marca de mobiliário evolutivo para os miúdos, a Upa Kids!

Se já todos estamos mais ou menos familiarizados com as camas evolutivas (nós cá em casa temos uma e dá um jeitaço), a Patrícia em conjunto com o marido criaram uma secretária e uma cadeira que acompanham o crescimento dos miúdos! E eu sempre acreditei que os melhores negócios vem da própria necessidade 🙂

Estas peças são além de práticas com cinco níveis evolutivos,  autênticas peças de design, construídas no Porto com muita qualidade e preocupação ambiental. Querem mais? 🙂 Nós damos! 😜

Em parceria com a Upa Kids e para celebrar o Dia Mundial da Criança temos 10% de desconto para todos os que nos acompanham! Yeahhh!

Basta irem ao site da Upa Kids e na altura da compra colocarem o código promocional SWEETCAOS!

Mas atenção que este código só é válido na loja online e só até dia 15 de Junho! Ah falta dizer que os portes de envio são grátis para a Europa! É caso para dizer: Upa! Upa! 🙂

Dia dos irmãos! 

Corre por esse facebook fora que hoje é o dia dos irmãos! Não sei se é ou não, mas aproveito a deixa, e vamos acreditar que sim! 🙂

Este ano é o primeiro ano em que cá em casa há irmãos! Os meus filhos! (Repetir: os meus filhos!) 

Acredito seriamente que um irmão é o melhor presente que se pode dar a uma criança. Acredito seriamente que os irmãos tem uma ligação especial à prova de quase tudo. 

Já sei que há irmãos que não se dão! Já sei disso! Como sei que há pais que enfim e filhos que coiso… mas isso tudo é fora do que é certo!

O certo é os pais serem os portos de abrigo dos filhos e os filhos a alegria dos pais. O certo é os irmãos serem companheiros e amigos.

O certo é o amor! 

Feliz dia dos irmãos!