Os avós fazem muitos disparates! Não venham defender os “velhinhos” porque é verdade! 

Até os próprios avós de hoje, se pensarem bem na era em que eram só pais, sabem disso!

Mas não há nada como um par de avós para parar uma birra!

Pode estar a cair o Carmo e a Trindade cá em casa, tudo a bufar, o filho, o pai com o filho, a mãe com o pai, e entram os avós e o cenário ilumina-se!

Chegam com o saco da paciência vazio, vazio! Cheios de vontade, de disposição, de alegria! Até parece que nem foram trabalhar, ou que não tem tarefas domésticas para fazer, ou coisas que os aborreçam ou irritam! 

Um bom par de avós, e graças a Deus o meu miúdo tem dois pares de avós e duas bisavós, resolve e ajuda em muita coisa.

No regaço dos avós ele corre, grita, ri, faz disparates (muitos!) e aprende coisas que não deve! Irritam-me muitas vezes, encolho os ombros tantas outras mas admito que na maioria das vezes só o estão a mimar e a aturar!

São uma fantástica brigada anti-birra!

Comentários

Bárbara
Author

Write A Comment