Category

Bárbara

Category

Corre mamã, corre!

Sempre fui magra!
Quando engravidei pesava 48kgs! Sim, 48kgs e não era esquelética, era magra!
Também não era extremamente magra, era magra!
Daquelas magras saudáveis, que tem cochas e rabo e etcs e tais e que se sentem bem!
Sou baixa e estreita e portanto 48kgs era para mim um excelente peso.

Durante a gravidez não tive desejos, se calhar porque nunca deixei nada para desejar!
Comi muito, muito! Tão muito que engordei 26kgs!!
Devagarinho vá lá: vin-te-e-se-is-qui-los!

Apesar do enorme aumento de peso nunca nenhum médico me encaminhou para a nutrição, eu continuava (segundo alguns) magra, estava era grávida! E que grávida! Fiz uma barriga daquelas!!
Daquelas que com 6 meses as pessoas já acham que estás no final do tempo ou então ao saberem k são só 6 meses perguntavam se era gravidez de gémeos!!

Quando o pequeno nasceu, dez quilos foram logo à vida deles no primeiro mês. E eu pensei (inocente!!!) que o resto também ia ser canja!
Não foi e não é!
Sempre acreditei que temos 12 meses para o nosso corpo voltar ao normal e como dei de mamar durante 11 meses também não pensei em dietas nem exercícios durante esse tempo.
Agora passados os 12 meses é hora de avaliar a questão!

Estou a pesar quase 54kgs. Sem dietas, sem exercícios, sem o chamado “cortar à boca”.
Acho que voltar aos meus 48kgs, sim eram os meus kgs magníficos, será difícil. Tenho algumas alterações no corpo que o afetam.
Por isso tenho a meta dos 50kgs! E uma vez que os 12 meses já passaram e os dias até estão bonitos está na hora de galgar!

praia
A mamã começou a correr! E hoje ao 2º dia até os dedinhos me doem!
Mas estou satisfeita e espero não desistir!!
Resiliência não é a palavra da moda? 😉

E vocês mamãs desse lado? Engordaram muito na gravidez? E a perda de peso foi natural ou precisaram de uma ajudinha?

beijinhos
Bárbara

re·si·li·ên·ci·a
substantivo feminino1. [Física] : Propriedade de um corpo de recuperar a sua forma original após sofrer choque ou deformação.
2. [Figurado] :  Capacidade de superar, de recuperar de adversidades.
“resiliência”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/resili%C3%AAncia [consultado em 19-02-2015].

O que se passa?

Não tenho tido muito tempo para escrever aqui no blog.
O pequeno apanhou uma virose (!! malditas !!) e entre vomitados e afins, andamos uns dias às avessas com muito choro, mau estar e várias mudas de roupa, várias vezes ao dia!

Passou, espero, mas agora eu e o pai não estamos lá muito famosos, passou para nós, parece-me.

Graças a Deus no sábado o pequeno voltou a ser o nosso pequeno Ogre, a comer este mundo e o outro e parece até que quer recuperar o que não comeu enquanto esteve doente.
Até ai tudo muito bem.. mas ele chora tanto, e grita… que fico com a sensação que está esfomeado….
Estarei aqui com um pico de crescimento?

Beijnhos
Bárbara

As mães cantoras!

Sempre achei piada às mães que cantam para embalar os filhos e sempre me ri quando ao cantarem transmitem recados sem perturbar a melodia.

O meu bebé vai nanar,
vai nanar o meu bebé,
apaga o candeeiro,
vai nanar o meu bebé.
Põe aqui o telemóvel
e põe só a vibrar,
o meu bebé vai nanar,
vai nanar o meu bebé.

E era também para o que eu estava guardada!

Vamos às compras!

O pai diz que visto o filho à beto!

Eu defendo-me, digo que não, é hipster!

E o pai responde-me que os hipsters são os novos betos!

Posto isto diz-me que tenho é que comprar roupa streetwear para o miúdo.

Eu respondo que ele só fez agora um ano e que até aqui era muito difícil encontrar roupa que seja original e que fuja do estereótipo. E que os carapuços enquanto não andava só atrapalhavam! Além do mais, as roupas giras-que-se-fartam são caras. O pai responde que não faz mal e que é para comprar!

Oh papá, a mamã quer é ir às compras! Upa, Upa! 😉

nerd_or_hipster_t670

A foto devia ser com betos, mas só encontrei os fofinhos dos nerds!

 

E agora cá para nós, onde compram as roupas mesmo-giras para os vossos pequenos?

Beijinhos

Bárbara

Sempre do contra!

Sou só eu a achar que os bebés são do contra?

Vamos no carro, o sol imenso, colocas a fraldinha de pano estrategicamente pendurada de forma a protege-los do sol. A primeira coisa que fazem? Sim, tirar a fralda! E depois choram que se fartam porque o sol está a bater-lhes na cara!!! Oh bebé!!!

Doente! :(

Neste momento tenho a casa sossegada.  Há só o ruído baixinho da tv e os latidos dos cães lá fora.

O pequeno está a dormir, hoje está doente, febre. Está assim desde ontem e parte-me o coração vê-lo tão choquinho. Logo ele que abana a casa toda com a sua energia.

Aproveitei para almoçar, agarrada ao intercomunicador, não vá ele chorar e eu não dar conta.

A seguir vamos ao médico, seria a consulta dos 12 meses, seria porque estando assim não vou dar as vacinas e ainda estou a pensar se vamos à parte das medições, pesagens e afins. Depende de como o meu pisco acordar. Mas vamos à consulta e aproveitamos para perceber se temos uma virose de hóspede ou que bicho chato anda ai.

Odeio vê-lo assim! Como qualquer mãe, avó, tia odeia… já sei.

Amanhã o meu amor faz 1 ano! Não me lembro de ter enviado convite à febre nem à conjuntivite e muito menos a qualquer maleita. Por isso, upa upa, tá a andar que nós temos muito que festejar no fim-de-semana.

Beijinhos

Bárbara

[escrito a 29-01-2015]

Hoje.
Infecção na garganta, amigdalite, é isso que chateia o meu menino!
Continua com febre mas o antibiótico já está a trabalhar!

Um ano meu amor, fazes hoje um ano!
que viagem!!!
Hoje festejamos contigo assim mais quentinho, mas não faz mal!
Amo-te mto piscoleto da mamã!