Category

Bárbara

Category

Machismo? 

Esta semana li um artigo no site da revista Pais & Filhos brasileira em que a autora escrevia que nos cabia a nós, mães, educarmos os nossos filhos para que não sejam machistas.
Concordo plenamente!
Afinal de contas somos nós que lhes temos que ensinar que não há profissões de homens e profissões de mulheres, que não há brincadeiras de meninos e brincadeiras de meninas, etc.
Um rapaz pode vestir uma sweat rosa,  brincar com as irmãs às bonecas , como uma menina pode gostar de jogar à bola ou escolher engenharia mecânica na faculdade.

Isto pensando bem, dá imenso trabalho. Porque verdade seja dita, todos nós (mesmo que inconscientemente) dividimos e classificamos algumas coisas como de homem ou de mulher.

Eu ainda sorrio quando vejo uma mulher a conduzir um autocarro ou quando vejo um homem pronto para fazer uma depilação a uma senhora.
Admitam lá que este último nunca viram! Nem eu!

E estava eu a pensar nesse tal artigo, a meditar de como ia tentar conduzir essa educação, (sim, que só nos vale a pena tentar, que os miudos são como são e não como queremos), a pensar que cedo o miúdo vai começar a ajudar na cozinha,  quando tocam à campainha.

” – Olha é o Sr. do correio!” E trazia dois envelopes!
Num deles uns anjinhos lindos do Mateus, que em breve merecerá um post aqui no blog, e noutro uma linda boneca de trapos.

Encomendei esta boneca de trapos para ajudar a causa da Taissa. São lindas é verdade mas a intenção foi ajudar a Taissa que nasceu com Trissomia 18 e não comprar a boneca.

Assim que abri o envelope pensei logo: “Olha uma boneca de trapos, deixa ver uma menina a quem oferecer! Já sei, vou oferecer de prenda à Matilde que nasce entre hoje e amanhã!”
E depois ouvi os sininhos na minha cabeça: “Então porquê? Bonecas não são para meninos, não é?”

E pronto, meti a boneca para lavar e será brevemente apresentada ao miúdo!
Temos que começar por algum lado não é?Acho que ter uma boneca não faz mal a ninguém! 😉

Sobre o acidente aéreo! #desabafo

Esta merda dos acidentes aéreos é aterradora!

Ainda mais aterradora ficou depois de ser mãe… Imaginar-me com o meu pequenino nos braços numa situação destas e até me falta o ar…

Perdoem-me todas as vítimas e familiares mas só consigo pensar naquela mãe com um bébé de 7 meses no colo a saber que o fim estava ali!

Tamanha agonia meu Deus!

#coisasqueasmãesfazem

A Sandra aqui há uns tempos fez um post com este titulo e desafiou-me a continuar.
Na altura não me veio nada à cabeça mas hoje lembrei-me!!

Comer restos!!! É ou não é?
Vocês não comem aquele bocado de bolacha que eles já não querem, aquele fundinho de iogurte e aquele restinho da fruta?

Ou serei só eu? 😛

 

Feliz dia do pai!

Há muitos anos que queria ser mãe mas a vida vai nos pondo outras tarefas pela frente e vamos andando e adiando!

Quando decidimos que estava na hora, vivemos com alguma ansiedade a vontade de conseguir engravidar.

Talvez por isso, tenha como uma das melhores memórias da minha gravidez, o dia do teste!

Lembro-me bem que estava na casa-de-banho e a vontade de fazer xixi não vinha! Eu que sou maria-mijas!!!

Nesse dia, uma segunda-feira, íamos a sair do escritório e o Pedro disse- me para comprar o teste. Também já tinha pensado nisso, mas o atraso na menstruação era de dois dias e não queria falsas esperanças.

Mas lá fui, lá comprei, e lá estava eu na casa de banho! 

Vimos as intruções e o teste demoraria uns segundos!

Veio a vontade, e ainda estava eu a pousar o teste no lavatório e já o anúncio era bem visível. Estava grávida!!

Não me lembro de mais nada! Só me lembro do pai do meu filho a chorar desalmadamente, compulsivanente, como nunca vi! Feliz, histérico, emocionado!

Não sabia se o abraçava, se chorava também, se me ria, mas sabia que o pai do meu filho nascia ali. E ali nascia também um amor maior! 

Foi presente na gravidez, nas aulas de preparação, deu-me a mão no parto e só não viu o filho nascer porque fomos para cesariana.

Tratou do cordão-umbilical, massajou a barriga para aliviar as cólicas, estimulou tantas vezes para que fizesse cócó!!! Ainda hoje é o pai que lhe dá banho! E o Vinny ainda hoje adormece ao colo do pai com a facilidade de um passarinho!

O filho trata o pai por Man e o pai trata o filho por pepito! 

Eu trato os dois por “mor”!

Lindo e piroso, como deve ser 🙂

Feliz dia do pai! 

Ps. A ilustração é mais uma vez da incrível Ana Cocker da My Simple Life! 

As doenças do infantário? 

Cá estamos outra vez em casa com o pequeno! 

Não há semana que o meu miúdo não fique doente!  

O normal, dizem! Uma semana são os dentes, noutra uma virose, noutra a tosse ou a febre ou a garganta e andamos nisto todo o santo inverno!

Dizem que a culpa é do infantário, que são assim, um foco para as doenças! 

Mas será? 

Conheço crianças que estão em casa ou em amas com mais um ou dois miúdos e que também estão sempre doentes!! 

Como se tem aguentado os vossos filhos este inverno? 

Beijinhos,Bárbara 

Dança, Dança!

O pequeno cá de casa sempre preferiu o YouTube à TV. E nós pais, agradecemos!
No entanto por alguns meses a Xana TocToc era a rainha e os Caricas os lordes!
Entretanto o miúdo começou-se a render à musica dos adultos e vai vendo, entre outros, os destaques do YouTube, que queremos estar sempre actualizados! ahahhaha

Uma boa forma de entreter mãe e filho é o último vídeo-clip do Bruno Mars.
Eu sou fã das coreografias que o Mr. Mars faz com os senhores do coro e com os seus músicos e nesta música com o Mark Ronson não desilude!
A música é boa para abanar o pézinho e a coreografia gira e fácil para abanarmos o esqueleto a tentar acompanhar.

E eis que acompanhado do Bruninho (que ele é pequenino!!) o meu filho comecou oficialmente a dançar! 😀
Até ai era uma coisa estranha onde ele abanava a cabeça, algumas vezes com a língua de fora. (medo!)
Obviamente que o petiz não faz a coreografia do vídeo, mas abana bem os ossinhos, levanta os braços e até dá voltinhas!

O que é mais delicioso é que ele pode estar a brincar, distraído com alguma coisa, na outra ponta da sala, mas a música começa a tocar e ele vem a correr para a frente da TV dançar! Tão bom!! 😀

Estou ansiosa para ver a evolução, porque acreditem, todos os dias há uma evolução e um passinho novo!

Agora, ponham som e abanem lá os vossos ossinhos!

Beijinhos, Bárbara

Doces memórias da minha gravidez!

É sempre bom recordar a nossa gravidez, principalmente memórias assim docinhas, das quais agora fugimos! 😉

1

3

Depois ainda me espanto por ter engordado 26 kgs!!!
Mas também se não aproveitamos a gravidez para estes mimos….

4

E por fim uma bolinha de berlim com cheirinho a verão!
Assim ficam com mais dois motivos para se chatearem comigo, a vontade de comer e a ânsia pelo verão.

6

Beijinhos, Bárbara

Ah, todas estas memórias foram tiradas do meu instagram!
Apanhem-me por lá, procurem por Bakuarela!

Leitura obrigatória

O meu miúdo ainda não tinha nascido e já eu lhe comprava livros!!

Aliás, ainda pouca coisa se tinha no enxuval do pequeno e já eu lhe comprava livros!

Certamente que há mães que gostavam que os filhos gostassem de música clássica, outras de natação, etc, eu gostava que o meu filho gostasse de ler! 🙂

IMG_5120

Assim que começou a ter destreza nas mãozinhas foi das primeiras coisas que lhe dei e para já posso gabar-me de ter sucesso!

Brinca muito e no meio da tralha lá vem um ou outro livro que ele exibe e aponta com um sonoro “Oh!oh!”.

IMG_4910

 

Para já os livros são de folhas grossas e preparados para as brincadeiras, os amassos e os tombos, ainda não lhes foi atribuída a virtude de contarem histórias, mas chegaremos lá!

IMG_4749

E vocês, o que gostavam que os vossos filhos gostassem?

Beijinhos, Bárbara