Sim, eu fui à festa de finalistas do meu filho. Sim, o meu filho tem três anos. Parece que isto dos miúdos é mesmo uma etapa. Começam por comer os sólidos, aprendem a sentar, começam as primeiras palavras, gatinham, andam e têm uma festa de finalistas.

Eu não imaginava que seria assim. Aliás, isto de ser mãe, é mesmo muito diferente do que eu imaginava 🙂

O Sebastião candidatou-se ao ensino pré-escolar. Ainda estamos à espera que saiam as listas para sabermos se entrou ou não. Se entrarmos vamos para o Bairro Alto fazer uma grande festa! Ah… espera. Isso é só daqui a uns anos. Desculpem, estava a confundir as festas.

Sendo assim, no Sábado, tivemos a festa anual da creche, em que o meu filho era finalista.

Foi mais ao menos assim que saímos de casa de manhã.

Tenho que vos confessar, ainda tenho alguma dificuldade em lidar com estas coisas das festas nas escolas ou simplesmente, de os outros pais falarem connosco no parque infantil. Esta ‘irmandade’ invisível entre os pais que surge assim que uma pessoa fica grávida às vezes assusta-me um pouco 🙂 .

A creche organizou um pic-nic com os miúdos e os pais (12 points pela ideia, muito melhor que ficarmos na escola). E não é que foi mesmo fixe? Estava um tempo óptimo, os miúdos fartaram-se de brincar, os pais conversaram e eu genuinamente passei um bom bocado.

Isto de ser mãe deve-nos activar aqui um gene qualquer que nos faz gostar destas coisas.

Resultado, elas fizeram-lhes umas batinas, capas e chapéus à finalistas (americanos, que nós cá não temos destas coisas) para assinalar esta passagem.

Pôem a capa e o chapéu. Reacção: Que fofo!

Chamam um a um para entregarem uma capa com fitas e diploma. Reacção: Que mega fofo!

Lemos as fitas que as educadoras e os coleguinhas escreveram. Reacção: Pranto total.

Eu não sei como é por aí, mas desde que sou mãe, a lágrima está sempre à espreita.

E é por estes motivos meus caros que nunca na nossa vida devemos dar nada por certo.

Há 5 anos bebia-se caipirinha e agora é só gin em todo o lado. #verdadedemãe

 

 

Comentários

Sandra
Author

Write A Comment