Ontem fiz 700km.

Saí de manhã cedo, quando ele ainda dormia e voltei já era meia-noite.

Sei que ele fica bem entregue. Sei que a falta da minha presença é compensada por todas as pessoas que o rodeiam. Sei que um dia não são dias.

Mas é impossível não ficar com o coração pequenino quando estamos longe. Impossível não pensar que se acontece alguma coisa não estamos a vinte minutos de distância e nunca mais nos vamos perdoar. Impossível não morrer um pouco por dentro a cada km que se faz.

Comentários

Sandra
Author

Write A Comment