A televisão estava ligada nas notícias. As imagens indescritíveis dos últimos dias sucediam-se. Comentávamos entre nós o pesadelo das populações do nosso país. O Sebastião brincava num canto.

Começa um segmento em que uma das inúmeras vítimas dos incêndios fala da casa que perdeu. O meu filho levanta-se e vem ter comigo. ‘Mãe, porque é que ela está a chorar?’

Acho que não estava preparada para aquela pergunta. Imediatamente, os meus olhos também se encheram de lágrimas e com a voz meio embargada respondi-lhe: ‘Está a chorar porque ficou sem casa.’

‘Porque é que ela ficou sem casa?’ – O pai continuou a responder pois naquele momento eu não conseguia.

‘Porque houve um incêndio muito grande e a casa ardeu, às vezes acontecem coisas más e não podemos fazer nada.’

Às vezes acontecem coisas más e não podemos fazer nada. Será?

Nota: A fotografia fantástica que está neste post é de Adriano Miranda e foi retirada do jornal Público.

 

 

 

Comentários

Sandra
Author

Comments are closed.