Tag

depressão

Browsing

Chester!

Este é um blog sobre maternidade mas a maternidade é feita por mães que antes de mães são pessoas.

Essas pessoas neste blog somos nós, eu, a Sandra e todos os que de alguma forma participam aqui.

Já por alguma vezes falamos de assuntos completamente afastados da maternidade.

É por isso que hoje, e apenas passados 2 meses do seu suicidio, vos falo do Chester! 

Quem é o Chester? O Chester é a voz possante das canções dos Linkin Park. A banda que faz parte de todos os que são da minha geração. Gostássemos mais ou menos deles. 

O primeiro álbum deles foi-me oferecido por um amigo e confesso que não fiquei logo fã. Os anos passaram e o gosto foi crescendo.

O pai cá da miudagem é fã, daqueles a sério. E assim os Linkin Park entraram cá em casa para ficar. Fazendo parte da nossa banda sonora caseira.

Perder o Chester foi uma chapada! Saber que se enforcou foi ainda mais violento. 

Foi estranho. Foi duro e ainda hoje nos comove como se sentíssemos dor. 

O último álbum, dizemos agora, parece premonitório. Tal como o Bowie. Mas o Bowie estava doente. O Chester também, de forma diferente. 

A depressão não pode ser vista como a doença da moda ou inofensiva. É preciso tratar e nem sempre a medicação é a única forma de a combater. 

Quando se sentirem assim e na falta de vontade, coragem ou disponibilidade de falarem com quem vos está próximo, peguem no telefone e falem com os voluntários atrás destas linhas de ajuda:

SOS Voz Amiga-Lisboa

Atendimento das 16 às 24h

 21 354 45 45/ 91 280 26 69/ 96 352 46 60 

SOS – Serviço Nacional de Socorro-Portugal, Europa

112

SOS Telefone Amigo-Coimbra

 239 72 10 10

SOS Estudante-Coimbra

 808 200 204

Escutar – Voz de Apoio- Gaia

 22 550 60 70

Telefone da Amizade-Porto

 22 832 35 35

A Nossa Âncora-Sintra

 219 105 750/ 219 105 755

Departamento de Psiquiatria de Braga- Braga

 253 676 055

O Chester alertou-nos para a realidade da depressão e do suicidio. Foi duro!

E hoje, dois meses depois, escrevo sobre ele e deixo-vos a letra da música one more light deste último álbum.  O videoclip póstumo pode ser visto aqui

Fod@-s&! 🙁


One more light

Should’ve stayed, were there signs, I ignored?

Can I help you, not to hurt, anymore?

We saw brilliance, when the world, was asleep

There are things that we can have, but can’t keep
If they say

Who cares if one more light goes out?

In a sky of a million stars

It flickers, flickers

Who cares when someone’s time runs out?

If a moment is all we are

We’re quicker, quicker

Who cares if one more light goes out?

Well I do
The reminders pull the floor from your feet

In the kitchen, one more chair than you need oh

And you’re angry, and you should be, it’s not fair

Just ‘cause you can’t see it, doesn’t mean it, isn’t there
If they say

Who cares if one more light goes out?

In a sky of a million stars

It flickers, flickers

Who cares when someone’s time runs out?

If a moment is all we are

We’re quicker, quicker

Who cares if one more light goes out?

Well I do
Who cares if one more light goes out?

In a sky of a million stars

It flickers, flickers

Who cares when someone’s time runs out?

If a moment is all we are

We’re quicker, quicker

Who cares if one more light goes out?

Well I do
Well I do”