Tag

histórias

Browsing

E o vosso parto?

Quando falamos em maternidade, em gravidez, surge logo o bicho papão: O Parto!

Foi por isso que cá no blogue nos lembramos de desafiar algumas amigas a partilharem as suas histórias. Umas são simples, outras são atribuladas, mas todas trazem um final feliz com um bebé ou dois! 🙂
E é nisso que sugerimos que se foquem! O parto tem que acontecer, seja natural, seja com anestesia, seja de cesariana. É assim que se nasce! Ponto!

Assim durante os próximos tempos vamos partilhar com vocês histórias de partos, todos diferentes, mães que defendem o parto natural, mães que escolhem a cesariana, mães que decidiram uma coisa e no final decidiram outra, mães que não tiveram escolha.  Não fujam!! Queremos que aceitem o parto, que entendam as opções e as motivações, que não julguem, que ouçam estas mães.

E gostávamos ainda de convidar as nossas leitoras a participarem também nesta iniciativa! Contam-nos o vosso parto para o partilharmos?
Enviem-nos um email para sweetcaos2@gmail.com

O primeiro testemunho será publicado ainda esta semana e se quiserem podem rever o meu texto sobre o meu parto, aqui.

 

 

Duas Histórias Grátis!

Lembram-se de ter falado há pouco tempo da aplicação Timokids?

Queremos que todos os seguidores do blog experimentem esta aplicação!

TimoKids teve a gentileza de nos oferecer um cupão de acesso a duas histórias totalmente gratuitas.

Para receberem o cupão, é tão fácil como isto:

Fazer like na nossa página no facebook
(Gostamos que gostem de nós)

Ir à página inicial do blog em sweetcaos.com e subscrever o blog por email, no canto superior direito ao lado do último post.
(Assim nunca perdem nenhum post do Caos)

Nós enviaremos um email com os passos para aceder às histórias.

E é só isto 😀

O cupão vai estar disponível até dia 13 de Setembro, por isso apressem-se.

P.S. Aos já subscritores do blog que estiverem interessados em usufruir deste cupão de acesso, agradecemos que nos enviem um email para sweetcaos2@gmail.com

 

Histórias para aprender

Os miúdos desta nova geração adoram brincar com os telemóveis.

Eles nasceram na época da tecnologia e faz parte do mundo deles. Eu tenho uma pasta no meu telemóvel que diz ‘Baby’, lá dentro ponho as aplicações que acho interessantes para ele utilizar, sendo que além dessas ele é fã incondicional do YouTube, do Spotify e da câmera fotográfica, claro.

Descobri mais uma em que adorei as ilustrações e as personagens. É uma aplicação brasileira (Alô Brasil!) de histórias didáticas. As histórias são narradas em diversas línguas: Português do Brasil, Inglês e Espanhol. O que é giro é que as temáticas são muito variadas e acompanham o crescimento das crianças. Têm histórias sobre o medo, as birras, a desarrumação, os irmãos, a escola entre muitos outros.

Apesar dos nossos miúdos ainda serem muito pequeninos e ainda estarmos na fase em que nada lhes prende a atenção por muito tempo, gostei muito do conceito e até achei piada à narração em ‘brasileiro’. Fez-me lembrar quando era miúda e só existiam por cá as versões dos filmes da Disney dobradas em português do Brasil (e que eram e continuam a ser muito boas). Não sei se há mães e pais por aí, que quando eram pequenos ouviam histórias no gira-discos. Existiam também uns singles em ‘brasileiro’ fantásticos. Lembro-me perfeitamente de um que se chamava ‘A Goela do Inferno’. Alguém se lembra? Ainda hoje, canto a música da princesa ao Sebastião.

app Timokids 2 (1)

Instalem a aplicação e experimentem. Chama-se TimoKids e funciona em iOS, Android e Windows Phone.

A app é grátis e vem com uma história gratuita (as histórias são pagas) para que possam experimentar e dois jogos para os miúdos. Se preferirem, também podem ser vocês a contar a história, pois existe possibilidade de desligar a narração. Outra coisa boa, é que estão sempre a acrescentar histórias novas e por isso é sempre uma novidade.

Segundo a TimoKids: ‘Para garantir a qualidade e segurança, todos conteúdos publicados passam por uma rigorosa análise de psicólogos, além disso, somos certificados KidSafe, um selo internacional que garante que o Timokids é 100% seguro para crianças, sem publicidade ou links externos.’

Não vos parece bem?

Estamos entusiasmadas com a TimoKids e brevemente vamos ter novidades aqui no blog. Estejam atentos.

A Contadora das Emoções

O meu nome é Mariana Machado, sou contadora de histórias desde 2008.
A convite de uma amiga que conheci no teatro, aventurei-me a colaborar com o convento de San Payo no serviço educativo como uma bruxa trapalhona que visitava as escolas do concelho para espalhar a palavra.

Os temas eram diversos. Na altura, honestamente não sabia muito bem o que fazia.
Era uma espécie de teatro em que apesar da roupa, podia ser eu mesma e dar o meu cunho pessoal às histórias que me pediam para contar.
Em cada escola por onde passava, regressava a casa rejuvenescida ao ver que as histórias eram especiais para cada criança.
Eu própria me sentia especial por conseguir levá-las para um mundo de fantasia. E apesar da maioria achar que os contos são para crianças, aquela fuga da realidade sabia-me tão bem!


Não é que o meu objetivo com a narração fosse a fuga à realidade.
Não, até porque temos que ter a consciência que nas idades mais pequenas aquilo que lhes é transmitido é para elas a realidade. A criança identifica-se com o conto e está receptiva a absorver o que a história lhe oferece de imediato, sem preconceito nem juízo de valores.
E isso fascina-me!


Sem ter sido um objetivo consciente no incio, é notório que o trabalho que tenho desenvolvido enquanto contadora passa muito pelo despertar de competências emocionais através da narração. Há mesmo quem me vá chamando “A Contadora das Emoções”!

Na verdade, acredito que os contos contribuem e muito no desenvolvimento do campo emocional e podem auxiliar as crianças a vencer dificuldades psicológicas complexas, pois oferecem a possibilidade de se construir uma ponte entre o mundo interior e a realidade externa. Na maioria das histórias está implícita uma linguagem simbólica que comunica diretamente com o inconsciente e mesmo que a criança não expresse a sua compreensão acerca da mensagem contida na história, isto não significa que esta não foi assimilada.

Por isso surgiu também a vontade de fazer oficinas parentais na descoberta ou redescoberta das emoções utilizando os contos como principal elemento.
Ao longo da história da humanidade, os contos da tradição oral uniram povos como principal canal de transmissão de valores.

A comunicação é o maior dos bens que possuímos e que temos o dever de preservar. Portanto, enquanto narradora, nada melhor do que preservá-la através de contos com as famílias, porque afinal, somos todos uma grande família!

Abraço cheio de ratos, princesas e dragões,
Mariana
www.mariana-machado.com
https://www.facebook.com/marianam.contos