Tag

Natal

Browsing

Prendas para grávidas!

Este post se calhar já vem tarde e as prendas até já estão TODAS compradas, ou não!
No entanto não podia deixar passar 🙂

Para aquelas pessoas que tem uma grávida a quem dar prendas seja uma amiga, uma prima, uma tia, a mulher, a filha, etc, seguem algumas dicas e recomendações de prendas para o Natal!

A grávida não é o bebé, por isso as prendas não devem ser para o bebé! É giro e toda a mamã gosta de receber prendas para o rebento mas a prenda da mamã não deve ser substituída pela prenda para o bebé! Se iam dar prenda à mãe, então é para dar prenda à mãe, mesmo que ofereçam um mimo para o bebé!

“Ah mas e tal agora ela está grávida e é difícil comprar qualquer coisa para ela!!”
– Não, não é!

Aqui fica uma lista de coisas que qualquer mulher, grávida ou não, gosta de receber:
– Jóias! ( e aqui pode-se incluir bijuteria! Há brincos, pulserias e colares para todos os gostos e preços!)
– Relógios
– Perfumes
– Sapatos ( há grávidas a quem os pés e as pernas incham mas por regra isto só acontece nas últimas semanas!)
– Livros ( há muitos tipos de livros e atenção se uma mulher  gosta de livros de ficção científica, mesmo grávida continua a gostar, não se limitem por isso aos livros sobre maternidade!)
– Gadgets (smartphones, tablets, and so on! Isto no caso de ser uma mamã ligada a estas coisas!)
– Gorros, cachecóis, luvas.
– Cremes hidratantes! ( Dão muito jeito 😉 )

Nunca mas NUNCA ofereçam a um grávida roupa do tamanho que vestia antes de engravidar! Isto pode nunca mais voltar a acontecer ou então pode demorar meses e só estão a contribuir para o descontrole hormonal da vossa recém-mamã! Se optarem por roupa é preferível roupa de grávida mesmo, isto se a gravidez estiver no inicio, se não esqueçam!

Depois deste paragrafo já vos estou a ver à procura do talão de troca para irem trocar as vossas prendas! Vão lá que até sábado ainda tem tempo 🙂

Beijinhos

 

Jardim Encantado!

A cidade de Espinho no norte do país tornou-se por estes dias a Cidade Encantada com muitas actividades para miúdos e graúdos convidados pela magia do Natal.

Há animação de rua, musicas de natal ao vivo, oficinas e muitas mais actividades.

Nós fomos ao Jardim Encantado no sábado de manhã! E que bem que soube.
Uma das coisas que me incomoda sempre nas actividades e eventos para miudos é serem quase todos de tarde!
O meu miúdo, como muitos que conheço, dormem de tarde e é de manhã que estão activos e animados. E por norma de manha não se passa nada!
Mas este Natal em Espinho passa 🙂

E passa tudo a partir das 10 horas no jardim em frente à camara Municipal, ou seja, no Jardim Encantado.
Mas podem iniciar as vossa actividades mais tarde 😉

Enquanto esperam podem sempre correr e saltar no jardim que é sempre uma excelente forma de entreter os mais pequenos.

  

    

  
E foi assim mesmo que começamos, a correr atrás dos “piu-pius” enquanto esperavamos pela Mariana para nos contar “as coisas que o saco diz!”
E olhem que ainda sei as lenga-lengas de tão giras que são!
E a Mariana é realmente uma contadora de histórias e de emoções.

  
  

Acreditem que até o fedelho com menos de 2 anos prestou atenção e participou!
E eu ainda hoje repito com uma cara demasiado estranha: “E a velha a fiaaaaaaar!!”

Depois seguimos para assistir ao teatro de marionetes “O Sonho de Olívia e Sebastião” da Companhia Marionetas da Feira.
Muito cativante 🙂
E aqui foi preciso pouco para agarrar o miúdo, as marionetes fizeram esse trabalho sozinhas!

  
  

Depois disto já não fomos à oficina que pertence ao circuito encantado porque o nosso pequeno já estava a acusar o sono e a fome mas adoramos cada bocadinho deste encantamento.

E por isso mesmo recomendo, vão lá e passem uma manhã agradável.

  

Até dia 23, saibam mais aqui.

 

 

 

Um bebé para o bebé! 

Estamos a chegar ao Natal e provavelmente já todos os pais correram as lojas e os sites à procura daquele presente mágico! 

Isso não quer dizer que seja um presente caro ou completamente comercial, quer dizer apenas que queremos dar aos nossos filhos algo que seja especial e que eles adorem! 

Pois bem, o presente ideal muitas vezes pode ser o oposto do que era suposto! Ou seja, a vossa filha poderá delirar com um carrinho com reboque e o vosso filho com um simples boneco!

Por isso o título deste artigo!  “Um bebé para o bebé! ”

Se bem que um bebé a sério é sempre o melhor presente que se pode dar a um filho!! E melhor que um irmão, só dois!

E digo eu que sou filha única! 

Mas hoje não vos falo em darem de presente um irmão aos vossos filhos, falo-vos de lhes darem um bebé de brincar! Daqueles que nós mães tivemos na nossa infância! 

A verdade é que hoje em dia se fala muito de igualdade de géneros, então em vez de só lutarmos para que as meninas tenhas as mesmas oportunidades que os meninos, vamos também deixar, por exemplo, que eles desenvolvam os seus sentidos de paternidade desde pequeninos. Para que saibam abraçar, beijar, por a nanar, mudar a fralda, etc! 🙂 

É uma boa justificação! 🙂 

Os bebés cá do blogue tem bebés!

   

  

O do meu miúdo era para o Natal, mas acabou por vir mais cedo! Um dia de maleita e foi a forma perfeita de o animar! 

Não quer isto dizer que devam dar um bebé aos vossos filhos rapazes só porque sim, mas se for uma coisa que eles vão gostar, porque não? Por serem rapazes? 

O meu filho continua o típico rapaz! Corre, joga à bola, atira com as coisas ao pontapé! 

IMG_7022-0

Só que faz isso muitas vezes com um boneco debaixo do braço! 🙂 

(Péssimo exemplo para o boneco!!)

O bónus é que também dá a papa ao bebé, põe a nanar, aquelas coisas mais meigas e calmas! E que bem que isso lhe faz! A ele e a mim!

   

     

Pensem nisso! Se calhar aquele presente tão especial não é uma pista xpto ou um carro cheio de luzes e sons! 😉 

Beijinhos 

Dicas para um Natal mais saudável! 

O Natal está a chegar e traz com ele muitas tentações gastronómicas tanto para graúdos como para miúdos!

Como já devem ter percebido noutros posts, não sou nada fundamentalista e acredito que estes convívios à volta da mesa são para serem aproveitados sem culpas, mas podemos sempre tentar minimizar os danos 😉

 Eis algumas dicas:

− O Natal comemora-se a 24 e 25 de Dezembro; dia 26 já não é Natal!!! Isto significa que não devemos continuar a consumir tudo o que é sobras natalícias até à passagem de ano. Se o Natal for fora, tentem não trazer nada para casa, se for em casa tentem fazer quantidades razoáveis.

− O forno é um grande aliado para diminuir o uso da frigideira. As rabanadas ficam muito boas se forem a dourar ao forno em vez de fritas e ficam muito menos calóricas.

− As espetadas de fruta com as cores do Natal (uvas verdes, maçãs verdes, morangos, framboesas, etc) são uma óptima forma de comer fruta nesses dias.

  
Estas espetadas não estão com a cor do natal pois foram para um aniversário mas estão lindas na mesma! 🙂

− O bolo de legumes tão falado aqui no blog também é uma excelente opção pois é verde e pode ser decorado com frutas vermelhas.

IMG_7137

− Se quiserem diminuir o açúcar das receitas, as melhores alternativas são o mel e a stevia.

− Não ofereçam doces aos pequenotes e guardem os que lhes oferecerem para irem distribuindo pelos meses seguintes.

− Escolham as vossas sobremesas preferidas e comam apenas essas em vez de andarem a petiscar um pouco de tudo o que está na mesa.

   

Que os excessos desta época sejam todos em amor, carinho e convívio, em vez de puro consumismo tanto nos presentes como na comida 😉

 Um excelente Natal para todos!

Sandra Almeida é nutricionista, mãe da pequena Francisca e autora do blog Nutrir Sentimentos. Colabora com o Sweet Caos a cada dia 10. 

Tem questões que gostava de ver respondidas por uma nutricionista? Envie um email para sweetcaos2@gmail.com

A foto da mesa pertence aqui

“Não-mexe”!

O tagarela lá de casa batizou o pinheiro de natal de “não-mexe”!

Na escolinha fizeram o pinheirinho de Natal e o presépio antes de o termos feito em casa e lá foi-lhe explicado que não se pode mexer! Assim, sempre que o íamos buscar, ele dava-nos a mão e levava-nos ao pinheirinho e ao presépio e dizia: “não mexe”!

Aproveitamos a dica e quando fizemos o pinheirinho em casa dissemos o mesmo: “Não mexe!”

Tanto “não-mexe” que o miúdo quando se quer referir ao pinheirinho diz que é o “não-mexe”!
E deve ser por isso que muitas vezes está já com os enfeites na mão e continua a dizer “não mexe”!

 

E por ai os pinheirinhos resistem às investidas dos miúdos? e os presépios?
Ontem não havia mé-més nem reis magos no presépio lá de casa!!! Hoje já estão a fazer o trabalho deles.

 

Beijinhos