Tag

rapaz

Browsing

A fazer deles homens! 

Hoje comprei para o meu afilhado de 3 anos dois conjuntos de cozinha! 

Hoje brinquei aos bebés com o meu filho. 

O meu afilhado é rapaz! O meu filho é um rapaz! São os dois bem reguilas, bem mexidos e bem brutos! 

No entanto o meu afilhado gosta de brincar às cozinhas! No entanto o meu filho gosta de brincar aos bebés!

O meu afilhado vê o pai a cozinhar muitas vezes! O meu filho vê o pai a tratar dele muitas vezes!

E é isto! Só isto!

Estamos a fazer dos nossos filhos aquilo que queremos para nós! Homens! 

Homens com H grande! D’aqueles homens que não ajudam, fazem! E se não os há ou há poucos, vamos criá-los! 

O que é ser mãe de um rapaz de dois anos?

O meu miúdo está a fazer dois anos e no outro dia pediram-me que explicasse o que é ser mãe de um rapaz com quase dois anos.
Apesar de serem “apenas” dois anos já não consigo lembrar-me ao pormenor de todo o último ano, tantas são as coisas, as novidades, as diferenças!
Ainda bem que temos este blogue e o telemóvel cheio de fotos e vídeos para nos recordarmos!

Ser mãe de uma criança com dois anos é uma surpresa todos os dias, pois todos os dias nos surpreendem com novas aprendizagens que nos deixam maravilhadas e orgulhosas mas é também uma luta constante com as birras que se acentuam e são mais birrentas do que as anteriores.
Já não é chorar por não se saber explicar, é explicar o que quer ou não, e berrar e espernear. Assim um cenário lindo onde não sabemos se choramos, se rimos ou se fazemos birra também.

É andar a cair de cansaço e de sono e perceber que ao fim de dois anos ainda não tens a vida organizada, ainda não tens tempo, ainda não dormes, e perceberes que se calhar nada disso vai voltar a acontecer!

É receber amor, sentir que somos as maiores e as mais importantes do mundo. Aquele abraço!!! Aquele sorriso, aquele carinho. É dormir de mão dada!

É morrer cada vez que o termómetro passa dos 38º ou ficar de vigia cada vez que a tosse se repete duas vezes em menos de 2 horas.

É o pousar a cabeça nas costas para ouvirmos se chia a respirar e aprender que os dedos deles são excelentes lenços de papel quando não chegamos a tempo!
É receber abraços e beijinhos só porque sim, e festinhas ao acordar! É ter alguém de braços esticados a dizer “colo!”
É bom!

É eles não terem medo de nada e nós termos medo de tudo!

Em termos verbais é o caminhar, o dançar, o rir, o falar, o atirar tudo para o chão, o já ficar a brincar e brincar a repetir tudo o que vê.  O saber imitar os sons de todos os animais da quinta, da selva e da savana! É termos em casa autênticos macaquinhos de imitação!

Em termos materiais: as fraldas, os potes, os biberões (muitos e só de noite!), os copos, os alimentos sólidos, os garfos e as colheres (mas acabar muitas vezes a comer com as mãos!), os sapatos, as sapatilhas, as camisolas com dinossauros ou leões se não diz que não as quer, a luta para andarem no carro sem tirarem os cintos ou sem berrarem que não querem ir ali.

São os desenhos animados que vemos todos e já sabemos de cor, a Ovelha Choné e o Timmy e a Heidi porque tem “mé-més”!

A Patrulha Pata, o Mickey e o Pluto e (claro) o Panda!
Ah e Os Caricas, que no fundo são os responsáveis por fazermos figuras parvas para eles dançarem!

É desejar ter todo o tempo do mundo, é ter muito medo que algo nos prive de os ver crescer, é desejar sermos sempre melhores, é perdermos a cabeça muitas vezes e sabermos que não é assim que queremos ser, é o amar muito, é o ser amada.

É tão bom! E por muito que seja cada vez mais exigente, é cada vez melhor!

Um bebé para o bebé! 

Estamos a chegar ao Natal e provavelmente já todos os pais correram as lojas e os sites à procura daquele presente mágico! 

Isso não quer dizer que seja um presente caro ou completamente comercial, quer dizer apenas que queremos dar aos nossos filhos algo que seja especial e que eles adorem! 

Pois bem, o presente ideal muitas vezes pode ser o oposto do que era suposto! Ou seja, a vossa filha poderá delirar com um carrinho com reboque e o vosso filho com um simples boneco!

Por isso o título deste artigo!  “Um bebé para o bebé! ”

Se bem que um bebé a sério é sempre o melhor presente que se pode dar a um filho!! E melhor que um irmão, só dois!

E digo eu que sou filha única! 

Mas hoje não vos falo em darem de presente um irmão aos vossos filhos, falo-vos de lhes darem um bebé de brincar! Daqueles que nós mães tivemos na nossa infância! 

A verdade é que hoje em dia se fala muito de igualdade de géneros, então em vez de só lutarmos para que as meninas tenhas as mesmas oportunidades que os meninos, vamos também deixar, por exemplo, que eles desenvolvam os seus sentidos de paternidade desde pequeninos. Para que saibam abraçar, beijar, por a nanar, mudar a fralda, etc! 🙂 

É uma boa justificação! 🙂 

Os bebés cá do blogue tem bebés!

   

  

O do meu miúdo era para o Natal, mas acabou por vir mais cedo! Um dia de maleita e foi a forma perfeita de o animar! 

Não quer isto dizer que devam dar um bebé aos vossos filhos rapazes só porque sim, mas se for uma coisa que eles vão gostar, porque não? Por serem rapazes? 

O meu filho continua o típico rapaz! Corre, joga à bola, atira com as coisas ao pontapé! 

IMG_7022-0

Só que faz isso muitas vezes com um boneco debaixo do braço! 🙂 

(Péssimo exemplo para o boneco!!)

O bónus é que também dá a papa ao bebé, põe a nanar, aquelas coisas mais meigas e calmas! E que bem que isso lhe faz! A ele e a mim!

   

     

Pensem nisso! Se calhar aquele presente tão especial não é uma pista xpto ou um carro cheio de luzes e sons! 😉 

Beijinhos 

Vamos às compras!

O pai diz que visto o filho à beto!

Eu defendo-me, digo que não, é hipster!

E o pai responde-me que os hipsters são os novos betos!

Posto isto diz-me que tenho é que comprar roupa streetwear para o miúdo.

Eu respondo que ele só fez agora um ano e que até aqui era muito difícil encontrar roupa que seja original e que fuja do estereótipo. E que os carapuços enquanto não andava só atrapalhavam! Além do mais, as roupas giras-que-se-fartam são caras. O pai responde que não faz mal e que é para comprar!

Oh papá, a mamã quer é ir às compras! Upa, Upa! 😉

nerd_or_hipster_t670

A foto devia ser com betos, mas só encontrei os fofinhos dos nerds!

 

E agora cá para nós, onde compram as roupas mesmo-giras para os vossos pequenos?

Beijinhos

Bárbara