Tag

Receita

Browsing

Bolo de aproveitamento

Já partilhei muito com vocês que detesto deitar comida fora! É um peso na consciência que nem é bom!!

Por isso passo a vida a arranjar formas de aproveitar as coisas quando já não estão no ponto para serem consumidas ao natural.

Congelo muita fruta madura, faço sumos com frequência, faço purê de fruta, etc.

Agora arranjei uma receita de um bolo que me permite aproveitar a fruta madura e os iogurtes que estão no limite! 🙂

A receita que vou partilhar é para a Bimby mas não deve ser difícil adaptar para uma execução manual! Espero que gostem e que aproveitem!

Se fizerem a receita, partilhem o resultado! 😘

Ingredientes:

– Manteiga para untar a forma

– 1 peça de fruta cortada em quatro (maçã, pera, banana, etc)

– 120g de iogurte

– 3 ovos

– 150g açúcar

– 80g de courgete (ou óleo)

– 150g de farinha tipo 55

– 1 colher de chá de fermento

– 1 pitada de sal

– opcionalmente : 50g de coco ralado ou de cacau

Passo-a-Passo:

. Pré-aquecer o forno a 180° C.

. Untar a forma com manteiga e polvilhar com farinha

. Colocar no copo da Bimby a fruta e picar 5seg/vel 5

. Acrescentar o iogurte, os ovos, a courgete, o açúcar e caso se queria acrescentar também o coco ou o cacau.

. Bater 2min/vel 6

. Acrescentar ao copo a farinha, o fermento e o sal. 8seg/vel 3

. Deitar na forma e levar ao forno por 30 min.

. Comer 😁

Bolo de Legumes!

Antes de começarem a fazer cara feia após lerem o titulo deste post pensem naquele bolinho fantástico de cenoura que todos nós já comemos.
Agora que já tiraram essa cara feia (espero!) vamos ao que interessa! 🙂

O meu miúdo está com quase dois anos e já sabe bem distinguir um bolo de uma bolacha ou de um pão. Portanto a parte de o enganar com uma bolachinha enquanto os adultos comem bolo, acabou!

Por isso mesmo decidi por em prática o hábito de ter bolos do mais saudável possivel, ou seja, que por um lado saibam bem e por outro não façam tão mal!

Há vários motivos para ter escolhido os bolos de legumes:
1º-  o facto de levarem legumes! (Esta era óbvia!)
2º- o facto de não levarem leite! (Já aqui disse mais que uma vez que o miúdo é alérgico à proteína do leite de vaca!)
3º- o facto de no meu ponto de vista serem mais saudáveis que os outros bolos.
4º- ficam giros, cheios de cor e sem usarmos corantes!

  

Já experimentei de agriões, de abóbora e de espinafres. Garanto-vos que o de agriões é divinal!

E depois se tiverem visitas podem sempre por uma cobertura e ficam com um bolo digno de doçaria.

Este fim-de-semana por exemplo fiz bolo de espinafres com cobertura de chocolate.

    

Sendo que para fazer a cobertura usei apenas metade de uma tablete de chocolate de culinária e 80gr de natas de soja. Ah, também já não uso óleo, substituo-o por courgette!

Vá não voltem a por essa cara, fica a saber a bolo igual! ehehehhe

Digam lá que não tem bom aspecto!!! 

Deixo-vos aqui uma receita que podem usar para fazer bolo de agriões. Experimentem!
Fica em versão bimby mas é fácil adaptar à versão manual 🙂

  • 4  ovos
  • 1 pitada de sal
  • 200 g açúcar
  • 50 g agriões
  • 100 g corgette ou óleo 
  • 100 g água morna
  • Raspa de 1 limão
  • 200 g farinha
  • 1 colher de sopa de Fermento em pó para bolos

Coloque no Tampa fechada a “borboleta”, as claras, o sal e programe 4 min/ vel 3 1/2. Retire para uma taça e reserve.

Aqueça o forno a 180º C. (Eu não usei o forno! Já falamos sobre isso!)

Sem a “borboleta”, deite no Tampa fechada o açucar, os agriões, o óleo e as gemas e programe 10 seg/vel 6, com a ajuda da espátula baixe o que ficou nas paredes do copo.
Adicione a água, a raspa de limão e programe 1 m/vel 9. Com a ajuda da espátula baixe o que ficou nas paredes do copo.
Incorpore a farinha, o fermento e programe 15 seg/vel 3.
Retire e envolva delicadamente com as claras reservadas utilizando uma vara de arames.
Deite numa forma untada e polvilhada.

Leve ao forno cerca de 25/30 m.
Eu optei por cozer na varoma. Usei uma forma de alumínio tapada com película aderente! Sem furinhos nenhuns!
Coloquei dentro da varoma e pus a tampa.

16648_forma_alum_bol_cone_n18_damiao_4

1,5L de água no copo, temperatura varoma, 60 minutos, velocidade 1. Atenção que a minha versão é a TM5!
Se acharem que precisa de cozer mais aumentem o tempo.

Preparação da Cobertura de chocolate para dias de festa!

* 100g de chocolate de culinária
* 80g de natas de soja

Bimby: usei a cobertura de chocolate do livro base.
Versão manual: derreta o chocolate partido em pedaços no micro-ondas (cerca de 2/3 m, potência 900).
Retire, mexa muito bem e vá juntando natas até obter a consistência pretendida.

Se quiserem experimentar o bolo de abóbora, peguem na receita tradicional de um bolo de cenoura e pimba, alterem o legume 🙂

Vá , deixem-se dos bolos mármores e de chocolate a toda a hora 😛

Beijinhos

Brilha, brilha lá no céu

Este fim-de-semana decidi tentar uma coisa diferente: bolachas saudáveis para bebé.

Este tipo de coisas ‘à mãe’, são um bocado estranhas para mim mas ao mesmo tempo dão-me imenso prazer fazer.

No primeiro aniversário do S., fiz umas bolachas de laranja, com o formato do Mickey e da Minnie, como recordação para os convidados.

Apesar de terem ficado muito saborosas, a receita continha açúcar e manteiga.

Gostava de fazer umas bolachas que o S. pudesse comer de vez em quando e que fossem mais saudáveis.

Descobri uma receita óptima no blog Na Cadeira da Papa.

IMG_1014

Ainda não tinha feito nenhuma receita de lá, mas depois desta sugestão vou com toda a certeza experimentar mais. Tem lá um Applecrumble que deve ser óptimo para miúdos e graúdos.

IMG_1015

A receita é esta e as bolachas são a partir dos 6 meses.

Como podem ver, não tem açúcar e os ingredientes são todos equilibrados.

Provavelmente, se forem como eu, não tinham a maior parte destes ingredientes em casa. Isso não é desculpa. Perde-se tanto tempo a passar no supermercado para comprar bolachas Maria ou ‘aquelas dos animais’ como o que é necessário para fazer estas bolachinhas.

Trabalho deu o que qualquer coisa dá. Verdade que tenho uma ‘Bimba’ lá em casa que dá uma ajuda nestas coisas mas as receitas Na Cadeira da Papa têm as duas versões.

FullSizeRender (1)

 

Completamente aprovadas e testadas pelo S.