Tag

voar

Browsing

O correr dos dias! 

Sou só eu que acho que os dias passam a voar?

Hoje cheguei a casa com os miúdos às 18:30 e só me sentei para jantar. E  já passava das nove!! 

O que fiz? Entre sopas, jantar, preparar banhos e arranjar roupas nem eu sei bem o que andei a fazer e como é que o tempo passou tão depressa!!! 

Já no último fim de semana fiquei com a sensação de que nem tinha aproveitado os miúdos apesar de termos estado quase 24/24h juntos! 

Acredito que há fases mais atarefadas que outras, e acho que estou numa dessas fases! Sou muitas Bárbaras ao mesmo tempo e ainda não encontrei um equilíbrio nem uma rotina mas hei-de lá chegar! 😉

Viajar de avião! 

Eu sei que muitos de vocês já foram de férias mas para aqueles que ainda vão e por sorte de avião aqui ficam algumas dicas que resultaram connosco. 🙂

A primeira viagem de avião do miúdo foi um sucesso e eu já conto repetir. 

O primeiro truque é levarem roupa confortável. Leggins leves e fresquinhas por exemplo, e sim, os meninos também usam! Convém levarem um casaco ou camisola leve porque às vezes os aviões tornam-se desconfortáveis. 

Eu optei por levar também uma daquelas fraldas de pano, uma das maiores que tenho, pois são fáceis de arrumar e podem servir de manta ou de resguardo. E por falar em resguardo, uma vez que o miúdo ainda levava fraldas, levei também um resguardo na mochila. No entanto para evitar mudar a fralda no avião mudei antes de embarcar e foi o suficiente. Agora imaginem que até fazia um cócó e até se sujava, fraldas, uma muda de roupa e uma saca de plástico fazem parte da lista 🙂 
Falei em mochila e isso é muito importante! Despachem o máximo das tralhas e o que precisam levam numa mochila. Nada de sacos e saquinhos. É preciso as mãos livres para dar a mão ao fedelho e auxiliar numa ou noutra tarefa. 

Comida! Nós fomos de low-cost mas mesmo que a companhia fosse outra, a comida de avião não é a mais indicada para bebés. Por isso mesmo é permitido aos acompanhantes das crianças levarem comida e bebida, em doses razoáveis, para o bem estar da criança. O máximo que pode acontecer no control do aeroporto é pedirem que provem o que levam. 

Na viagem para lá como fomos de tarde, levei uma termos pequena com água fervida e a papa para fazer no avião. Assim que o avião estabilizou fiz a papa dentro da termos e dei ao miúdo. Isto também ajuda o tempo a passar 🙂 levei também as frutas de beber, bolachas, água e como não ia ter tempo de ir às compras quando chegasse ao destino levei três pacotes dos pequenos de leite de soja. 

Na viagem de regresso viemos pela hora do almoço e então na termos levei a sopa pronta para dar ao miúdo e repeti o processo. A fruta, as bolachas e a água também vieram na viagem de volta.

E no resto do tempo o que fizemos? Ora aqui rendemos-nos à tecnologia. Tablet carregado de vídeos de desenhos animados e jogos que não necessitam de internet para funcionarem. Os brinquedos favoritos também foram e o miúdo até teve direito a levar uma mochila com rodinhas carregado de brinquedos. O que é excelente para entreter enquanto de está no aeroporto à espera. Optei por não levar puzzles “reais” porque imagino que não seria nada pratico andar sempre atrás das peças quer no aeroporto , quer no avião. Um truque que uso é contar os brinquedos todos que levamos, sempre que mudamos de sítio conto tudo para ter a certeza que não abandonamos nenhum brinquedo. 


A acrescentar à lista levem uma boa dose de disposição e paciência porque pode correr tudo mal! O voo pode ser turbulento, o miúdo pode ter as dores da descolagem, pode não gostar do avião, mas pensem que vão de férias! E pensem que também pode correr tudo bem. No nosso caso correu, ele andava tão entusiasmado com os aviões e com o facto de ir voar que eu confesso estava cheia de medo que fosse detestar, lol, eles são sempre ao contrário. Mas correu muito bem :)Dizem que o ideal é viajar na hora do sono para dormirem, mas nem sempre podemos escolher por isso há que contornar a situação. Ah e na descolagem e aterragem dei a chupeta ao miúdo porque ajuda a aliviar a pressão dos ouvidos. 


Façam boas férias e bom voo. 

Lista: 

Mochila, muda de roupa, saco plástico, toalhitas, resguardo, fraldas e chupeta (se for o caso), fralda de pano, casaco ou camisola leve, comida (sopa ou papa por ex.), água, fruta, bolachas, tablet e brinquedos. 

PS. : raramente público fotos do meu filho com o rosto. Hoje pus aqui uma e à custa do vento está terrível. Ele é super giro garanto-vos! Ahahah e eu também! 🙂 hihihihi