Emigrar é ‘sair voluntariamente do local onde se vive para se estabelecer noutro’. Às vezes sinto que emigrei quando tive um filho. Juro-vos que parece que deixei de viver em Lisboa para ir viver noutro sítio. Vivemos todos na mesma cidade mas vivemos cidades diferentes.

Emigrar Lisboa

A cidade está cada vez mais cosmopolita.

Sim, eu sei que isto anda a loucura por causa dos turistas e por vezes se cometem muitos exageros. Mas a movida traz muitas coisas boas também. Lisboa é a cidade dos jovens, bonitos e empreendedores. É cinema nos bairros e jazz nos recantos. É arte, tecnologia e diversão até de manhã. Tudo embrulhado numa luz fantástica e num clima maravilhoso.

Antes de ter um filho esta era um pouco a cidade que vivia. Agora tenho outra. Tenho a cidade dos jardins, da comunidade, dos passeios ao fim da tarde e dos pequenos-almoços bem cedo pela manhã. Vejo a cidade com olhos diferentes e gosto desta cidade que vejo. Mas às vezes, quando me deparo com algum evento ou concerto tenho saudades da outra cidade.

Acho que é nostalgia e foi o projecto Ciné Society que me deixou assim. #shameonyou

 

 

Comentários

Sandra
Author

Write A Comment